fbpx
21.1 C
São Paulo
segunda-feira, junho 24, 2024
InícioBem-estarMelhores cidades para nômades digitais, segundo ranking do NomadList

Melhores cidades para nômades digitais, segundo ranking do NomadList

Siga-nos no Google Notícias

O nomadismo digital está em alta e conquista cada vez mais adeptos, especialmente com o fortalecimento do trabalho remoto e das novas dinâmicas de trabalho. Se você ainda não está por dentro deste estilo de vida que tem tudo para ganhar ainda mais força nos próximos anos, sugerimos que confira o nosso texto sobre nomadismo digital – mas cuidado: você pode se encantar e querer sair pelo mundo com uma mochila nas costas amanhã mesmo.

Como não poderia deixar de ser, existe uma grande comunidade de nômades digitais unidos pela internet. Afinal, quem adere a este estilo de vida precisa de muito planejamento e quanto mais dicas melhor (aqui no UBE temos várias!). O site NomadList é um dos maiores e mais tradicionais fóruns de discussão sobre o assunto, e fornece uma lista das melhores cidades para nômades digitais segundo avaliações dos próprios usuários.

Se você está pensando em se tornar nômade digital, uma boa ideia é começar pelas cidades mais bem avaliadas por nômades digitais mais experientes e viver Uma Boa Experiência. Quer saber quais são elas? Reunimos as 5 melhores cidades para nômades digitais e vamos te contar um pouquinho sobre cada uma delas.

Ko Pha Ngan – Tailândia 

De acordo com os usuários do NomadList, Ko Pha Ngan é o melhor lugar para trabalhar remotamente no mundo. O score da ilha no sudeste da Tailândia alcançou impressionantes 97% de aprovação. 

Principais prós e contras, segundo as avaliações:

Prós: Barato, seguro, boa conexão de internet, divertido, seguro para mulheres e LGBTQIA+, e fácil de fazer amigos.

Contras: Pouca liberdade de expressão e democracia fraca, muito quente e úmido, baixa qualidade de educação, hospitais sem muita infraestrutura e inglês de difícil compreensão. 

Custo médio: $1008,00 (por mês)

melhores cidades para nômades digitais

Lisboa – Portugal 

Lisboa ficou com o segundo lugar no ranking de melhores cidades para nômades digitais, com um score de 94%.

Principais prós e contras, segundo as avaliações:

Prós: Muito seguro, boa conexão de internet, seguro para mulheres e LGBTQIA+, todos falam inglês, país democratico, boas estradas e alta qualidade de educação.

Contras: Muito frio no inverno, sempre cheio de turistas e muitas pessoas fumantes.

Custo médio: $2401,00 (por mês)

melhores cidades para nômades digitais

Gran Canária – Ilhas Canárias

Em terceiro lugar está Gran Canária como uma das melhores cidades para nômades digitais. Assim como Lisboa, o local possui um score de 94%.

Principais prós e contras, segundo as avaliações:

Prós: Barato, muito seguro, boa conexão de internet, seguro para mulheres e LGBTQIA+, não é muito cheio de turistas, divertido e fácil de fazer amizades.

Contras: Hospitais ruins, poucas pessoas falam inglês bem e muitas pessoas fumantes.

Custo médio: $1799,00 (por mês)

melhores cidades para nômades digitais

Porto – Portugal

Cidades portuguesas são muito bem ranqueadas entre os nômades digitais no NomadList, e Porto desponta na lista com um score de 92% de aprovação.

Principais prós e contras, segundo as avaliações:

Prós: Muito seguro, boa conexão de internet, seguro para mulheres e LGBTQIA+, todos falam inglês, país democratico, boas estradas e alta qualidade de educação.

Contras: Muito frio no inverno, sempre cheio de turistas e muitas pessoas fumantes.

Custo médio: $1993,00 (por mês)

Buenos Aires – Argentina

Buenos Aires é a única cidade da América do Sul a figurar na lista das melhores cidades para nômades digitais do NomadList. A vizinha do Brasil alcançou um ótimo score de 91%, e é a cidade mais acessível entre todas as listadas.

Principais prós e contras, segundo as avaliações:

Prós: Muito barato, seguro para mulheres e LGBTQIA+, divertido, fácil de fazer amizade, alta qualidade de educação.

Contras: Poderia ser mais seguro, conexão de internet nem sempre é boa.

Custo médio: $903,00 (por mês)

Agora que você conheceu um pouco mais da avaliação de nômades digitais mais experientes, para qual desses países você iria primeiro?

Ad
Redação UBE
Redação UBEhttps://umaboaexperiencia.com
Somos uma equipe apaixonada por boas experiências ao redor do mundo. Acreditamos que uma boa experiência não se define por preço ou exclusividade, mas sim como você se sente vivendo esse momento.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, introduza o seu comentário!
Por favor introduza aqui o seu nome

Ad

Últimos posts

Ad
Ad
Ad