fbpx
20.5 C
São Paulo
sexta-feira, junho 14, 2024
InícioBrasilMorre de covid o humorista Paulo Gustavo

Morre de covid o humorista Paulo Gustavo

Paulo Gustavo, um dos comediantes mais queridos do Brasil, morreu na noite desta terça-feira (4) aos 42 anos devido a complicações de covid-19, relatou sua equipe médica.

Siga-nos no Google Notícias

“Às 21h12 desta terça-feira, lamentavelmente o paciente Paulo Gustavo Monteiro faleceu, vítima da covid-19 e suas complicações”, anunciou o boletim.

O ator estava internado desde 13 de março no hospital Copa Star, no Rio de Janeiro.

“A equipe profissional que participou de seu tratamento está profundamente consternada e solidária ao sofrimento de todos”, concluiu o comunicado do hospital.

Nascido em Niterói, no Rio de Janeiro, em 30 de outubro de 1978, Paulo Gustavo deixa o marido, o dermatologista Thales Bretas, e dois filhos.

O ator interpretou diferentes personagens na televisão, no cinema e no teatro, mas foi Dona Hermínia, uma mãe tagarela e divorciada que estrelou a peça “Minha mãe é uma peça”, que lhe rendeu recordes de bilheteria.

Com mais de 15 milhões de seguidores no Instagram, o carismático comediante recebeu milhares de mensagens de apoio de fãs e personalidades do entretenimento, cultura e política.

Paulo Gustavo foi submetido a vários tratamentos durante a internação, incluindo a um mecanismo de respiração artificial. Ele teve que ser entubado há quase duas semanas e, embora neste fim de semana tenha dado sinais de melhora, os médicos relataram na segunda-feira que seu estado havia piorado. Nesta terça-feira, a equipe informou que seu quadro era irreversível.

O músico Caetano Veloso foi um dos primeiros a compartilhar sua dor esta noite. “Paulo Gustavo é a expressão da alegria brasileira”, escreveu no Twitter junto com uma foto com o ator.

“Recebi com muita tristeza a notícia da morte de Paulo Gustavo. A covid levou hoje mais um de nós. Um grande brasileiro, que brindou nosso país com tanta alegria. Descanse em paz. Seu talento jamais será esquecido”, tuitou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Dezenas de mensagens de pesar pela morte do ator criticaram o governo brasileiro por sua forma de lidar com a pandemia.

Mais de 411.000 pessoas morreram de covid-19 no Brasil, onde o presidente Jair Bolsonaro minimizou a gravidade da doença, promoveu aglomerações e questionou o uso de máscaras e a eficácia das vacinas.

Fonte: AFP

Ad
Redação UBE
Redação UBEhttps://umaboaexperiencia.com
Somos uma equipe apaixonada por boas experiências ao redor do mundo. Acreditamos que uma boa experiência não se define por preço ou exclusividade, mas sim como você se sente vivendo esse momento.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, introduza o seu comentário!
Por favor introduza aqui o seu nome

Ad

Últimos posts

Ad
Ad
Ad