fbpx
17.8 C
São Paulo
quarta-feira, junho 19, 2024
InícioCarreira InternacionalOs melhores países para trabalhar e ter maior poder de compra

Os melhores países para trabalhar e ter maior poder de compra

Siga-nos no Google Notícias

Quem quer morar fora muitas vezes está em busca de melhores oportunidades e condições de trabalho. E quando ainda não se tem um destino específico em mente, faz sentido pesquisar sobre os melhores países para trabalhar.

Entretanto, dizer que um país é bom para se trabalhar é algo relativo que pode depender de vários fatores, como: altos salários, oferta de empregos, incentivos ao empreendedorismo, custo de vida, taxa de desemprego, valorização da moeda, entre outros.

E como identificar os melhores países para trabalhar?

Para responder esta pergunta, um dos índices mais interessantes que você deve levar em conta é o que chamamos de poder de compra. Ele também é conhecido como PPP que é a sigla para paridade de poder de compra.

Essa é a taxa pela qual a moeda de um país teria que ser convertida na moeda de outro país para que fosse possível comprar a mesma quantidade de bens e serviços em cada um deles.

Para entender o poder de compra, podemos tomar como exemplo o preço de um hambúrguer. 

Se um hambúrguer é vendido em Londres por  2 libras e em Nova York por 4 dólares, isso implicaria em uma taxa de câmbio de 1 libra a 2 dólares americanos. 

Esta taxa de câmbio do poder de compra pode facilmente ser diferente da taxa de câmbio usada nos mercados financeiros. 

Este tipo de comparação entre países dá origem ao que é conhecido como índice “Big Mac”, que é publicado pela revista Economist e calcula as taxas de câmbio de poder de compra com base no sanduíche do McDonald’s, já que ele é vendido de forma quase idêntica em muitos países do mundo.

E por que esta taxa é mais interessante de se levar em conta quando procuramos os melhores países para trabalhar?

A resposta é simples. Digamos que dois países tenham o mesmo valor de salário mínimo, e este valor é alto. Podemos dizer que os dois são bons países para se trabalhar? Não necessariamente. Se um deles tiver o custo de vida mais baixo, por exemplo, este com custo mais baixo proporcionará um maior poder de compra aos seus trabalhadores.

Agora que você já sabe a importância deste índice, podemos conferir os melhores países para trabalhar, de acordo com o poder de compra. Estes dados foram tirados da Numbeo e levaram em consideração o ano de 2022. Vamos então à lista:

Suíça

Ela conquistou o primeiro lugar entre os países com maior poder de compra e por isso pode ser considerado um excelente país para trabalhar e morar no exterior. O salário mínimo é nada menos que 23 francos suíços por hora! Além disso, a Suíça também é o país com maior índice de desenvolvimento humano do mundo.

Estados Unidos

melhores países para trabalhar - estados unidos

O segundo país da lista já é um famoso destino para imigrantes que buscam oportunidades de trabalho e o tão desejado sonho americano. Ele é, inclusive, o país com mais imigrantes dentro da sua população, sendo eles um total de 15% de todos os habitantes. Atualmente tem um salário mínimo de 7,30 dólares por hora.

Austrália

Ela vem como o terceiro país com o maior poder de compra e também vem recebendo muitos imigrantes nos últimos anos, com um salário mínimo de 21 dólares australianos por hora. O percentual de imigrantes em território australiano, chega a incríveis 30% da população!

Alemanha

Com um salário mínimo de 10,50 euros por hora, a Alemanha conquistou o quarto lugar no que diz respeito ao poder de compra. Ela é a maior potência econômica da Europa e a quarta maior economia mundial.

Dinamarca

Além de ser o quinto país do mundo com maior poder de compra, a Dinamarca também é o sexto país com maior qualidade de vida e já foi considerado o segundo país mais feliz do mundo. Apesar de não ter um salário mínimo estipulado, o seu salário médio é cerca de 17 euros por hora.

Luxemburgo

O sexto país com maior poder de compra do mundo também é considerado o sexto país mais feliz do mundo. O salário mínimo em Luxemburgo é de aproximadamente 16 euros por hora.

Suécia

O sétimo e último país da lista tem um salário mínimo de 8,71 euros por hora. A Suécia está no ranking da ONU dos 10 países com maior qualidade de vida.

Os suecos também são conhecidos por praticar a Fika, que é um costume social que consiste em fazer uma pausa em uma atividade de trabalho, seja para tomar café, lanchar ou simplesmente conversar com outras pessoas.

Como uma visão geral dos melhores países para trabalhar no mundo, você pode ver esta imagem do mapa mundo de acordo com o poder de compra. Quanto mais verde, maior poder de compra e quanto mais laranja menor o poder de compra.

Bom, esperamos que tenha gostado deste conteúdo e que ele possa ajudar você na escolha de um novo país para morar. Até a próxima!

Ad
Redação UBE
Redação UBEhttps://umaboaexperiencia.com
Somos uma equipe apaixonada por boas experiências ao redor do mundo. Acreditamos que uma boa experiência não se define por preço ou exclusividade, mas sim como você se sente vivendo esse momento.

ARTIGOS RELACIONADOS

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, introduza o seu comentário!
Por favor introduza aqui o seu nome

Ad

Últimos posts

Ad
Ad
Ad