fbpx
20.5 C
São Paulo
sexta-feira, junho 14, 2024
InícioCarreira InternacionalRanking dos Melhores Países para Imigrar: Onde os Imigrantes são Mais Felizes

Ranking dos Melhores Países para Imigrar: Onde os Imigrantes são Mais Felizes

Siga-nos no Google Notícias

Quando se trata de se mudar para o exterior, costumamos pesquisar informações sobre os países com os salários mais altos do mundo, os melhores países para trabalhar ou até mesmo onde é possível obter cidadania por tempo de residência. Mas você já se perguntou onde os imigrantes se sentem mais felizes e acolhidos? Afinal sentir-se satisfeito e pertencente ao local de residência pode influenciar muito no sucesso e na longevidade desta mudança. Por isso então, listamos os melhores países para imigrar (e os piores), de acordo com a pesquisa de 2023 do Expat Insider. Confira:

Top 10 destinos para imigrantes:

  1. México
  2. Espanha
  3. Panamá
  4. Malásia
  5. Taiwan
  6. Tailândia
  7. Costa Rica
  8. Filipinas
  9. Barém
  10. Portugal

1. México: O Melhor Lugar para Expatriados (Novamente)

Desde 2014, o México tem continuamente se classificado entre os cinco primeiros melhores países para imigrar, graças, entre outros, à facilidade de adaptação (1º lugar em 2023) e à simpatia dos locais (1º lugar). Além disso, a cultura acolhedora, as oportunidades de carreira e as opções de lazer fazem do México um grande destino. Com 80% dos expatriados satisfeitos com sua situação financeira e 90% felizes com a vida no México, este país se destaca novamente como um dos melhores lugares para se viver.

2. Espanha: Para se Sentir em Casa e Feliz

Desde a primeira pesquisa Expat Insider em 2014, a Espanha sempre esteve entre os 10 primeiros no Índice de Qualidade de Vida. Com um clima agradável, muitas opções de lazer e uma cultura rica, a Espanha é um destino de topo para expatriados. No entanto, é importante notar que a Espanha ficou em 34º lugar no Índice de Trabalho no Exterior, com 36% dos expatriados insatisfeitos com o mercado de trabalho local.

3. Panamá: Onde é Fácil se Estabelecer

O Panamá é mais um destino amigável para expatriados, onde 81% deles se sentem em casa. Os expatriados também são particularmente satisfeitos com sua situação financeira (8º lugar no Índice de Finanças Pessoais) e com a facilidade de encontrar e pagar pela moradia. No entanto, o Panamá tem um desempenho médio no Índice de Qualidade de Vida (28º lugar), principalmente devido à satisfação dos expatriados com o mercado de trabalho local (30º lugar no Índice de Trabalho no Exterior).

E a outra ponta da tabela?

Os últimos lugares são ocupados por Kuwait (53º lugar), Noruega (52º lugar) e Türkiye (51º lugar). Os expatriados nestes países costumam relatar insatisfação com as opções de lazer, a atitude dos residentes locais em relação aos estrangeiros, a falta de perspectivas de carreira, a segurança e a qualidade de vida em geral.

53º – Kuwait

Em 53º lugar, encontramos o Kuwait. Seguindo uma tendência de performances ruins ao longo dos anos, a pesquisa ‘Expat Insider 2023’ associa a posição da cidade à baixa de qualidade de vida, restrições nas opções de lazer e dificuldade de expressão dos imigrantes. Também foram apontadas insatisfações com o sistema de saúde local e dificuldades em estabelecer amizades e se integrar à cultura local. A pesquisa menciona, no entanto, que a maioria dos expatriados não enfrenta problemas para encontrar moradia e acredita ser possível viver no país sem falar o idioma local.

52º – Noruega

Noruega, em 52º lugar, foi citada como um país onde os imigrantes enfrentam dificuldades financeiras, principalmente devido ao alto custo de vida. A forma de acolhimento e a amizade dos locais também foram apontadas como desafios para os expatriados, que mencionaram dificuldades em fazer amigos locais e insatisfação com a vida social. Apesar disso, os expatriados valorizam a estabilidade política e a alta qualidade do ar na Noruega, além de apreciarem o meio ambiente natural do país.

51º – Turquia

Por fim, Turquia aparece em 51º lugar na classificação, com os imigrantes citando a insatisfação com o mercado de trabalho como principal problema. Além disso, os expatriados expressaram descontentamento com a dificuldade de acesso a serviços online e internet de alta velocidade. A pesquisa indicou que os expatriados acham relativamente fácil fazer amigos locais, mas apenas 60% dos expatriados dizem estar satisfeitos com a vida na Turquia, comparado a uma média global de 72%.

A imigração é uma decisão de vida significativa que não deve ser tomada impulsivamente. Tente fazer uma reflexão das prioridades na sua vida e o que realmente deixa você mais feliz, isso pode ajudar a criar requisitos que os países de destino devem ter. Esperamos ter ajudado a tomar uma decisão mais informada e, eventualmente, encontrar o lugar onde se sinta mais feliz. Então, boa sorte em sua busca pelos melhores países para imigrar!

Veja também: Os países mais seguros do mundo para morar (ou visitar).

Ad
Redação UBE
Redação UBEhttps://umaboaexperiencia.com
Somos uma equipe apaixonada por boas experiências ao redor do mundo. Acreditamos que uma boa experiência não se define por preço ou exclusividade, mas sim como você se sente vivendo esse momento.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, introduza o seu comentário!
Por favor introduza aqui o seu nome

Ad

Últimos posts

Ad
Ad
Ad