fbpx
17.8 C
São Paulo
quarta-feira, junho 19, 2024
InícioMundoOs 5 países com mais igualdade de gênero no mundo

Os 5 países com mais igualdade de gênero no mundo

Siga-nos no Google Notícias

Todos os anos, o Fórum Econômico Mundial (FEM) lança uma nova edição do relatório “Global Gender Gap”. O estudo tem como objetivo classificar os países com mais igualdade de gênero no mundo, e se baseia em quatro indicadores principais: Participação Econômica e Oportunidade, Acesso à Educação, Saúde e Sobrevivência e Empoderamento Político. Dessa forma é possível mensurar os países com as melhores práticas em prol da igualdade de gênero e classificá-los de acordo com as melhores condições para mulheres.

Contudo, os últimos relatórios revelaram um dado preocupante: a desigualdade de gênero voltou a crescer pela primeira vez no mundo, após uma década de avanços. O estudo do FEM apontou que, caso o ritmo atual seja mantido, será necessário mais de um século para reduzir a diferença de gênero em escala global. 

Entretanto, alguns países têm demonstrado que é possível adotar medidas efetivas para mitigar as desigualdades de gênero e transformar a realidade local. Confira quais são eles e o que eles têm feito para garantir condições de existência mais justas para as mulheres: 

Islândia 

A Islândia é imbatível no ranking do Global Gender Gap. Nos últimos 12 anos, o país ocupou com louvor o primeiro lugar no estudo e demonstrou que é totalmente viável elaborar políticas públicas voltadas para a igualdade de gênero e aplicá-las para criar um ambiente menos machista.

Em 2018, por exemplo, o país colocou em vigor uma lei que exige a igualdade salarial entre homens e mulheres. De acordo com a legislação, todas as empresas privadas e agências governamentais com mais de 25 funcionários são obrigadas a obter uma certificação oficial que comprove as políticas de igualdade salarial.

Sendo assim, colaboradores que exercem a mesma função, independentemente do gênero, são remunerados igualmente.

Finlândia 

No relatório de 2021, a Finlândia subiu uma posição e garantiu o segundo lugar no ranking de países com mais igualdade de gênero. O progresso, de acordo com o Fórum Econômico Mundial, se deve ao aumento da quantidade de mulheres na política, em conformidade com o pilar de Empoderamento Político do Global Gender Gap.

O número de mulheres em cargos ministeriais saltou de 37,5% para 50%. Além disso, a Primeira-Ministra do país também é uma mulher, assim como 47% dos parlamentares – a 9ª maior participação feminina do mundo.

Por fim, a melhoria sobre a Participação Econômica e Oportunidade também foi essencial para a ascensão da Finlândia. Uma área importante de avanço é o aumento da presença de mulheres em cargos seniores e gerenciais, onde as mulheres representam atualmente 36,9% do total.

Noruega

A Noruega é mais um país que sempre figura entre os países com mais igualdade de gênero no mundo. Apesar de ter caído uma posição, continua sendo o terceiro país mais igualitário em questão de gênero mundialmente.

Entre as principais áreas de avanço da Noruega está o Empoderamento Político, que subiu 4 pontos percentuais com relação ao relatório anterior. Essa melhoria deve-se, principalmente, ao fato de que o país teve uma mulher como chefe de estado no período e também um aumento na participação de mulheres no parlamento – o número subiu de 40,8% para 44,4%.

Vale destacar que a Noruega já conseguiu fechar 100% das lacunas no indicador Acesso à Educação, além de ter acabado com 96,4% das disparidades de gênero em Saúde e Sobrevivência.

Nova Zelândia 

A quarta posição do ranking Global Gender Gap ficou com a Nova Zelândia. Um dos principais motivos para o país ser considerado um dos países com mais igualdade de gênero no mundo é o fato de que, dos últimos 50 anos, 14,1 tiveram uma mulher como chefe de Estado.

O Empoderamento Político é um fator muito relevante para o ranking do Fórum Mundial Econômico, afinal, quem tem o poder de criar leis e normas mais igualitárias que diminuem as desigualdades de gênero são as pessoas que estão no poder. Portanto, é extremamente importante que exista diversidade dentro da política.

Outro índice que avançou na Nova Zelândia foi a participação das mulheres no mercado de trabalho e a diminuição nas diferenças salariais e de renda entre homens e mulheres – ambos no indicador Participação Econômica e Oportunidade.

Países com mais igualdade de gênero
Foto: Christin Hume – Unsplash

Suécia

Por fim, temos a Suécia como o 5º melhor país no ranking de países com mais igualdade de gênero no mundo. O que trouxe o país nórdico a essa posição foi a melhora no índice de Participação Econômica e Oportunidade, que subiu dois pontos em relação ao último relatório.

O país apresentou uma das menores diferenças de renda estimada entre os gêneros no mundo, além de ter aumentado o número de mulheres em cargos de liderança e de mulheres em conselhos de empresas. 

Além disso, uma informação muito importante é que a Suécia é um dos países que mais oferece igualdade de gênero no cuidado com as crianças. 78% dos salários brutos anuais são cobertos durante a licença maternidade e o investimento público em creches é de 1,6% do PIB (perdendo apenas para a Finlândia).

 

O Brasil, infelizmente, despencou no último Ranking da Igualdade de Gênero divulgado pelo Fórum Econômico Mundial. O país saiu da 67ª posição que ocupava em 2006, para o 93º lugar, em 2021.

Ad
Redação UBE
Redação UBEhttps://umaboaexperiencia.com
Somos uma equipe apaixonada por boas experiências ao redor do mundo. Acreditamos que uma boa experiência não se define por preço ou exclusividade, mas sim como você se sente vivendo esse momento.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, introduza o seu comentário!
Por favor introduza aqui o seu nome

Ad

Últimos posts

Ad
Ad
Ad