fbpx
19.8 C
São Paulo
segunda-feira, junho 24, 2024
InícioCuriosidadesPor que o Silicon Valley Bank quebrou e como isso pode afetar...

Por que o Silicon Valley Bank quebrou e como isso pode afetar a economia global

Siga-nos no Google Notícias

O Silicon Valley Bank (SVB), um dos bancos mais importantes do Vale do Silício e queridinho das startups, sofreu uma grande reviravolta nos últimos dias. Se você tem acompanhado as notícias recentes, deve estar se perguntando: Por que Silicon Valley Bank quebrou e como isso pode afetar a economia global?

Em apenas 48 horas, o banco passou de um lugar seguro para startups a segunda maior falência bancária da história americana.

Qual era a importância do Silicon Valley Bank?

O SVB era responsável por fomentar o mercado de startups, fornecendo financiamento e serviços bancários personalizados para empresas em estágio inicial, além de oferecer suporte financeiro por meio de programas de mentoria, eventos de networking e acesso a investidores.

Com uma equipe dedicada a ajustar startups a se expandirem globalmente, o SVB ganhou grande notoriedade na economia americana e ajudou empresas diversas, inclusive brasileiras. O banco também desempenhou um papel extremamente importante no desenvolvimento do mercado de criptomoedas.

Por que Silicon Valley Bank quebrou?

Mas o que causou a falência do SVB? Bem, o problema está ligado à política de estímulo dos governos e bancos centrais em resposta à pandemia.

Como não havia certeza sobre quanto tempo as economias ficariam fechadas e nem quando elas iriam se recuperar em pouco tempo, as ajudas emergenciais se tornaram circunstanciais, e em alguns casos, o auxílio que era momentâneo se tornou permanente.

E mesmo em economias que abriram rapidamente, como a americana, o acesso a capital continuou facilitado e a juros baixos. O problema é que essa política de estímulo virou uma faca de dois gumes, e enquanto ajudava parte da população que realmente estava necessitada, também deu espaço a pessoas que preferiam receber mais ou quase o mesmo tanto de auxílio governamental do que recebiam trabalhando em empregos de remuneração mínima.

Para completar, com acesso fácil a capital, muitas pessoas começaram a tomar empréstimos para comprarem novos carros, imóveis ou bens de consumo. Os bancos, por sua vez, também entraram nesse ciclo, concedendo dinheiro para empresas dos mais diversos riscos.

Nesse cenário, o SVB concedeu muito crédito para algumas startups, em uma atividade particularmente arriscada, uma vez que elas podem demorar anos para pagarem tudo o que pegaram, ou então falirem antes disso.

E enquanto emprestava dinheiro para startups, o banco comprava outros títulos no mercado que lhe garantiam uma rentabilidade que lhe permitiam manter a operação de pé. Porém, a pandemia afetou o mercado financeiro e o valor desses títulos despencou, deixando o SVB em uma situação delicada.

Como a falência do Silicon Valley Bank pode afetar a economia global?

Em primeiro lugar, a quebra de um grande banco pode levar a uma crise de confiança no setor financeiro, o que pode levar a uma reação em cadeia de pânico nos mercados financeiros globais. Os investidores podem começar a retirar dinheiro de outras instituições financeiras, temendo que elas também possam quebrar, levando a uma potencial crise sistêmica.

Além disso, a quebra de um banco de grande porte pode ter efeitos significativos sobre a economia real. O SVB é um importante provedor de serviços financeiros para empresas de tecnologia, muitas das quais são altamente dependentes de financiamento externo. Isso tudo tornaria difícil para essas empresas levantarem fundos, o que poderia prejudicar sua capacidade de inovar e crescer.

Outro efeito negativo é o impacto em sua rede de fornecedores e clientes. Como o SVB é uma instituição financeira global, sua quebra pode afetar outras instituições financeiras, empresas e clientes em todo o mundo. Isso poderia levar a um efeito dominó na economia global, potencialmente causando uma recessão ou crise financeira.

Vamos continuar atento aos desdobramentos dessa situação e torcer para que não passe de um caso isolado!

Leia também: Melhores profissões para quem quer morar no exterior.

Ad
Redação UBE
Redação UBEhttps://umaboaexperiencia.com
Somos uma equipe apaixonada por boas experiências ao redor do mundo. Acreditamos que uma boa experiência não se define por preço ou exclusividade, mas sim como você se sente vivendo esse momento.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, introduza o seu comentário!
Por favor introduza aqui o seu nome

Ad

Últimos posts

Ad
Ad
Ad